Páginas

PARÁBOLA - O TRIGO E O JOIO

– O Reino do Céu é como um homem que semeou sementes boas nas suas terras.

 Certa noite, quando todos estavam dormindo, veio um inimigo, semeou no meio do trigo uma erva ruim, chamada joio, e depois foi embora.
 Quando as plantas cresceram, e se formaram as espigas, o joio apareceu.
 Aí os empregados do dono das terras chegaram e disseram: “Patrão, o senhor semeou sementes boas nas suas terras. De onde será que veio este joio?”     – “Foi algum inimigo que fez isso!”, respondeu ele. – E eles perguntaram: “O senhor quer que a gente arranque o joio?”  – “Não”, respondeu ele, “porque, quando vocês forem tirar o joio, poderão arrancar também o trigo.
 Deixem o trigo e o joio crescerem juntos até o tempo da colheita. Então eu direi aos trabalhadores que vão fazer a colheita: ‘Arranquem primeiro o joio e amarrem em feixes para ser queimado. Depois colham o trigo e ponham no meu depósito.’ ”

Jesus explica a parábola do Joio – Mateus 13: 36-43
 Então Jesus deixou a multidão e voltou para casa. Os discípulos chegaram perto dele e perguntaram: – Conte para nós o que quer dizer a parábola do joio.
Jesus respondeu: – Quem semeia as sementes boas é o Filho do Homem.
 O terreno é o mundo. As sementes boas são as pessoas que pertencem ao Reino; e o joio, as que pertencem ao Maligno.
 O inimigo que semeia o joio é o próprio Diabo. A colheita é o fim dos tempos, e os que fazem a colheita são os anjos.
 Assim como o joio é ajuntado e jogado no fogo, assim também será no fim dos tempos.
 O Filho do Homem mandará os seus anjos, e eles ajuntarão e tirarão do seu Reino todos os que fazem com que os outros pequem e também todos os que praticam o mal.
 Depois os anjos jogarão essas pessoas na fornalha de fogo, onde vão chorar e ranger os dentes de desespero.
 Então o povo de Deus brilhará como o sol no Reino do seu Pai. Se vocês têm ouvidos para ouvir, então ouçam.

Nenhum comentário:

Postagens populares